Serasa está sendo cobrada na Justiça pela cantora Pabllo Vittar

Especializada em fazer relatórios de maus pagadores, a Serasa está sendo agora cobrada na Justiça pela cantora Pabllo Vittar a arcar com uma indenização de 120 000 reais. Em agosto do ano passado, a entidade colocou no ar uma propaganda engraçadinha insinuando que ela devia 70 000 dólares à cantora Anitta. A brincadeira pegou mal por dois motivos: a história era mentirosa e as duas artistas concorrentes não se bicam desde um episódio em que circularam rumores dizendo que Anitta teria bancado com recursos próprios um clipe da rival. Até a última quinta, 28, a Serasa ainda não havia sido notificada da ação.

O isolamento do país aos olhos do mundo, o chefe do serviço paralelo de informação de Bolsonaro e mais. Leia nesta ediçãoVEJA/VEJA

Publicado em VEJA de 3 de junho de 2020, edição nº 2689