Ana Moser: terceiro setor e “duelo” com ex-colega no Twitter

Ao contrário das pessoas que usam as redes sociais para criticar, atacar e destilar ódio, sem fazer nada de efetivo para a sociedade, Ana Moser há muitos anos atua no terceiro setor. Ela fundou e dirige o Atletas pelo Brasil, entidade que leva educação e atividades esportivas a crianças carentes, atendendo simultaneamente 5 000 menores em São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco. “No mundo virtual, as soluções dos problemas parecem tão simples. As pessoas só criticam e cancelam umas às outras”, diz ela, que foi considerada a melhor jogadora de vôlei do mundo na sua época. Ana não diz diretamente a quem se refere, mas andou duelando nos últimos dias pelo Twitter com sua ex-colega de quadra Ana Paula Henkel, apoiadora ferrenha de Jair Bolsonaro. “Falo com muita gente do vôlei, mas prefiro não falar das coisas que eu não faço”, afirma Ana.

Leia nesta edição: como a crise fragiliza as instituições, os exemplos dos países que começam a sair do isolamento e a batalha judicial da família WeintraubVEJA/VEJA

Publicado em VEJA de 10 de junho de 2020, edição nº 2690