Confidente de Michelle Bolsonaro, maquiador tem história de superação

O uruguaio Agustin Fernandez chegou à rodoviária de Florianópolis com 700 reais no bolso para fazer a vida, em 2011. Trabalhou em alguns salões da cidade e hoje, aos 28 anos, se tornou um dos profissionais de beleza com mais seguidores do Brasil: soma 2,8 milhões de fãs no Instagram. A fama ajuda o maquiador a faturar mais de 1 milhão de reais por ano vendendo cosméticos e maquiagens da sua linha Loja do Divo. “Antes da pandemia, eu me preparava para abrir quiosques da minha linha de maquiagem”, diz. O plano foi adiado. Fernandez diz ter dado um aumento salarial para sua equipe atravessar as turbulências causadas pela Covid -19. Nos bastidores de Brasília, ele é apontado como o melhor amigo e confidente de Michelle Bolsonaro, sua cliente. O maquiador tem trânsito livre no Palácio da Alvorada, onde passou o último Natal e já preparou jantares para a primeira-dama.

Leia nesta edição: a pacificação do Executivo nas relações com o Congresso e ao Supremo, os diferentes números da Covid-19 nos estados brasileiros e novas revelações sobre o caso QueirozVEJA/VEJA

Publicado em VEJA de 8 de julho de 2020, edição nº 2694