Três plataformas que ensinam técnicas de desenho para as crianças

> Para manter os pequenos artistas ocupados, a Epson lançou a plataforma gratuita de atividades e desenhos para imprimir Ecotank4Fun. Dá para aprender a fazer cápsulas do tempo (espécie de diário da quarentena com perguntas sobre o que a criança está sentindo agora e o que tem feito) e máscaras divertidas, por exemplo. Os conteúdos são divididos em três categorias. A seção Fun4Kids reúne brincadeiras mais coloridas e com menor grau de dificuldade, ideais para as crianças até 7 anos de idade. Os mais crescidinhos podem arriscar dobraduras e pinturas mais intrincadas no espaço Days4Fun. A última aba, Fun4You, é dedicada aos pais. Na lista de impressão dos adultos aparecem planners, papéis de presente e embalagens. Detalhe importante para ficar de olho: alguns dos conteúdos explicativos estão escritos em espanhol. epson.com.br/ecotank4fun.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

<span class=”hidden”>–</span>Stabilo/Divulgação

> A Stabilo também criou uma plataforma gratuita dedicada a projetos artísticos. Estão disponíveis 29 tutoriais de arte que ensinam a rascunhar um pouco de tudo: retratos, animais e até foguetes. Há ainda alguns vídeos mais divertidos, com truques de mágica simples e experimentações com texturas. Quem não manda muito bem com o grafite pode optar por baixar e imprimir um dos três pacotes de desenhos para colorir. Os pais podem se divertir com uma seção equipada com diversas mandalas, letterings e dicas de planejamento. Toda semana no perfil do Instagram @stabilobrasil há novos desenhos explicados passo a passo. stabilo.com/br

<span class=”hidden”>–</span>Tiago Lacerda/Divulgação

> Desde que as atividades presenciais foram suspensas, o Itaú Cultural tem investido em uma boa programação on-line para a criançada. Até o dia 23 rolam duas aulas semanais de ilustração. Nas terças, às 11 horas, os encontros são ministrados por Ziza, que ensina técnicas para criar rostos e paisagens urbanas. Nas quintas, também às 11 horas, é a vez do quadrinista Tiago Lacerda, com dicas voltadas para a criação de personagens e histórias originais. Há duas outras oficinas já encerradas que ainda podem ser acessadas no site do museu, comandadas pelos artistas Augusto Figliaggi e Gabriela Gil. Em paralelo, também ocorrem aulas on-line de dança mirim, coordenadas por Mônika Bernardes e Gisele Penafieri, aos domingos e às quartas, no mesmo horário.

Continua após a publicidade

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 15 de julho de 2020, edição nº 2695.