Festival de Inverno de Campos do Jordão é adiado

O Festival de Inverno de Campos do Jordão, o maior voltado para a música clássica na América Latina, será adiado. Tradicionalmente realizado em julho, o evento terá sua 51ª edição realizada entre os dias 2 e 31 de janeiro de 2021. A seguinte, 52ª, está mantida para os dias 26 de junho a 1º de agosto do ano que vem.

+ Assine a Vejinha a partir de R$ 6,90 reais mensais

Os detalhes sobre a programação foram apresentados pelo secretário de cultura do estado, Sérgio Sá Leitão, e pelo diretor executivo da Osesp, Marcelo Lopes. Ao todo, serão 110 concertos, dividios em sete palcos, como o Auditório Claudio Santoro, o Espaço Cultural Dr. Além e a Igreja Santa Terezinha. A novidade é uma área de 200 metros quadrados no Parque Capivari que receberá vinte atrações.

O festival será o primeiro evento público realizado presencialmente, mas ainda contará com parte da programação on-line. Estão escalados nomes como João Donato, Marcos Vale, MPB4, Diogo Nogueira, Erasmo Carlos e Roberta Sá. As transmissões serão feitas pela TV Cultura e pela plataforma #Culturaemcasa.

Continua após a publicidade

Para as regências, já foram confirmados os maestros Alexander Shelley, titular da Orquestra do Centro Nacional das Artes, no Canadá, e Neil Thomson, da Filarmônica de Goiás. A abertura será com Thierry Fischer, que assumiu a Osesp este ano, e a própria orquestra. No repertório, obras de Beethoven e de autores nacionais.