Frente fria e ciclone no Sul provocam ventania na capital

A cidade de São Paulo é alvo de ventanias na tarde desta quarta-feira (8). O fenômeno climático, que pode levar a rajadas de até 70 quilômetros por hora em todo o estado, ocorre por conta de dois fatores: a frente fria que começa a avançar por aqui e um ciclone extratropical no litoral do Rio Grande do Sul (RS).

De acordo com o Instituto Climatempo, o ciclone não é motivo de preocupação para os paulistanos. A tendência é que ele avance na direção do oceano, e se dissipe por lá. A frente fria, no entanto, deve causar uma mudança de temperatura nos próximos dias.

Apesar do baixo impacto por aqui, o ciclone provocou estragos no RS entre terça (7) e quarta (8), causando alagamentos em cidades gaúchas e deixando, até o momento, um morto por conta de um deslizamento de terra em Caxias do Sul.

Em São Paulo, a frente fria mudou a direção dos ventos no estado, que se intensificam. Ainda no final da tarde será possível observar a chegada de nuvens na capital. As pancadas de chuva, no entanto, devem ocorrer somente a partir da manhã de quinta-feira (9). O próximo dia terá também uma temperatura mais baixa: máxima de 20ºC e mínima de 14ºC.

Continua após a publicidade

Nas redes sociais, paulistanos relataram falta de energia na Zona Sul da cidade depois do início das rajadas de vento. A Vejinha procurou a Enel, que afirmou que um problema em uma subestação de energia ocasionou o problema para residentes da Zona Sul e do ABC. “A companhia acrescenta que o fornecimento de todos os clientes foi restabelecido em até 30 minutos, após manobras realizadas remotamente, por meio da própria rede da distribuidora”, diz o texto.